28/02/2016

A Sala dos Répteis, por Lemony Snicket.

Olá pessoal, hoje eu vim trazer a resenha de mais um livro da coleção Desventuras em Série. Esse é o segundo livro da série e precede o livro Mau Começo, já resenhado aqui no blog. Se você ainda não viu a resenha, clique aqui.


Título: A Sala dos Répteis
Autor: Lemony Snicket
Páginas: 185
Compre em: Saraiva
Sinopse: Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso - para que depois ninguém reclame - faz questão de avisar: 'Se você esperava encontrar uma história tranquila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar...'. Os Baudelaire têm mesmo uma incrível má sorte, mas pode-se afirmar que a vida deles seria bem mais fácil se não tivessem de enfrentar o tempo todo as armadilhas de seu arqui-inimigo: o conde Olaf, um homem revoltante, gosmento e pérfido. Em 'Mau Começo' ele deu uma pequena amostra do que é capaz de fazer para infernizar a vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire - e aqui as coisas só pioram.

Eu gostei muito desse livro, e o que eu acho que foi o mais legal dessa história é que os três órfãos tiveram um parente legal. 
Eles chegam na casa de seu novo tutor e se deparam com várias cobras, várias coisas interessantes, que os deixam empolgados. Mas claro, nem tudo são flores e infelizmente o conde Olaf entra em cena, e quando digo que ele entra em cena, é atuando, se fazendo passar por outra pessoa. Tio Monty, que antes de saber das crianças estava preparando uma expedição para o Peru, recebe a noticia de que seu ajudante que iria com ele para a viagem morreu e no mesmo instante bate em sua porta o conde Olaf disfarçado de auxiliar indicado para substituir o falecido. Os três Baudelaires logo reconhecem o vilão disfarçado, porém Stephano, que é como Olaf se apresenta, engana muito bem tio Monty. O plano é bem simples: Stephano irá para o Peru e e casará com Violet e se apossará da fortuna da herança.
Como já disse na resenha anterior, Violet é uma ótima inventora, Klaus é um ávido leitor e Sunny morde coisas muito bem. E  são essas habilidades que os órfãos  usarão para ajudar o tio nos preparativos para a viagem durante toda uma semana, até chegar Stephano
Com o decorrer da historia sofri muito com o três órfãos e a sensação de alívio com o final foi enorme.

Estou gostando bastante da série, já estou no quarto livro e pretendo trazer as demais resenhas muito em breve. Você já leu? Gostou? Comente aqui embaixo o que achou, compartilhe com seus amigos e se inscreva aqui no blog para não perder as próximas resenhas!!!

Beeeeeijo!